Governo aprova aumento do salário mínimo nacional para os 705 euros

O Governo aprovou esta quinta-feira, dia 02 de dezembro, em Conselho de Ministros, a subida do salário mínimo nacional para os 705 euros. O anúncio foi feito pela ministra do trabalho, Ana Mendes Godinho, após a reunião ministerial. A ministra do trabalho acrescentou que este aumento representa “a maior subida de sempre” do salário mínimo nacional”.

© Direitos reservados

A subida do salário é de 40 euros, comparativamente com o valor em vigor neste ano, de 665, e será pago aos trabalhadores a partir de janeiro de 2022.

Esta medida surge, segundo Ana Mendes Godinho, na sequência da “auscultação dos parceiros sociais, cumprindo aquele que foi o compromisso assumido desde 2015 e renovado em 2019 no sentido da valorização do salário mínimo nacional”. Ainda de acordo com a ministra do trabalho, este aumento deverá abranger cerca de 880 mil trabalhadores.

Aumento do salário minimo prevê compensação para as empresas

A ministra do trabalho adiantou também que, por cada trabalhador que passe da atual retribuição mínima mensal para a nova, as empresas receberão 112 euros que serão pagos numa única vez, em momento a definir. Para as empresas que paguem já acima do salário mínimo, pela atualização para os 705 euros, receberão 56 euros. A compensação surge para minimizar as despesas das empresas com a taxa social única que resulta da atualização salarial.

Esta medida custará aos cofres do Estado, segundo a ministra, cerca de  100 milhões de euros.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?