Polo Aquático: Braçadas contra a maré

Por Eliseu Sampaio,
Diretor do grupo Mais Guimarães

A equipa de polo aquático do Vitória Sport Clube sagrou-se bicampeã nacional no passado sábado, dia 22.

Numa época incomum, em que as dificuldades para a prática desportiva se acentuaram, a equipa vimaranense conseguiu manter os seus índices competitivos, a motivação e a energia necessárias para revalidar o feito alcançado no ano passado, em que surpreendeu tudo e todos ao tornar-se campeã nacional da modalidade.

No sábado fez-se a festa no Complexo de Piscinas de Guimarães. Uma festa justa e merecida!

Felizmente, são vários os casos de sucesso que temos o gosto de assinalar nas páginas deste jornal, mas sobretudo, deve ser dito, relacionadas com modalidades que, ou nos são indiferentes, ou não têm merecido dos vimaranenses atenção à medida da dedicação e dos feitos dos atletas.

Temos claramente a nossa atenção voltada para o futebol, e ainda por cima para o futebol feito negócio e cada vez menos feito da competição saudável e desejada entre atletas, que competem com as mesmas condições, e em que 11 contra 11, ganha o melhor.

No sábado, estes atletas do polo aquático tiveram a sua consagração e viram os adeptos voltarem a aplaudi-los e a fazerem a festa. A fazerem a festa e darem o apoio que tantas vezes lhes falta durante a competição. Não nos lembremos destes e de outros atletas, desta e de outras modalidades, apenas quando levantam uma taça, quando vencem, e nos levam a bater no peito e a invocar aquele orgulho vimaranense de que tanto nos orgulhamos.

Estes atletas percebem isto, sentem isto, e não é justo que o façamos.

Depois dos merecidos festejos a equipa de polo aquático do Vitória vai ainda preparar a participação na Final 8 da Taça de Portugal, que se disputa no fim-de-semana de 11 a 13 de junho no Porto. Boa sorte.

Parabéns Polo Aquático.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?