2016 ANO DE EMOÇÕES DESPORTIVAS

O ano que ficou para trás teve do melhor e do pior para o desporto em Guimarães. O ano que começa promete emoções fortes.

Júlio Mendes foi candidato único às eleições do Vitória de Guimarães, com o objetivo espinhoso de baixar o passivo. Poucas semanas depois da sua eleição, viu o clube confirmar a presença na Liga Europa e terminar o campeonato num dignificante quinto lugar. A celebrada presença na Liga Europa havia de redundar num inesperado fracasso, com o afastamento prematuro, depois de duas derrotas contra um desconhecido Altach, da Áustria. André André, o menino-prodígio que, em 2013/2014, tinha ajudado a trazer a Taça de Portugal para Guimarães, transfere-se para o Porto por 1,5 milhões de euros. Não há ressentimentos e quando o jogador regressa a Guimarães, para ser homenageado na Gala dos Conquistadores, é recebido com uma salva de palmas em pé. Ainda no futebol, a temporada 2014/2015 começa mal para as duas equipas de Guimarães. No final de outubro, o Vitória já estava afastado das duas Taças e o Moreirense estava no último posto. Evangelista, que sucedeu a Rui Vitória, depois de este se transferir para o Benfica, era cada vez mais contestado no Guimarães, em Moreira de Cónegos havia lenços brancos para Miguel Leal. O primeiro cedeu o lugar a Sérgio Conceição, o segundo resistiu e as duas equipas acabam o ano com sinais de retoma. De todos os reforços, nas duas equipas vimaranenses, Iuri Medeiros, emprestado pelo Sporting ao Moreirense, parece ser o único que faz realmente a diferença para melhor. O Torcatense subiu ao Campeonato Nacional de Seniores e fechou a temporada com uma vitória na Taça do Minho.

No atletismo adaptado Manuel Mendes qualificou-se para os Campeonatos do Mundo de Atletismo. Rui Bragança continuou a sua carreira brilhante, trazendo dos Jogos Europeus, em Baku, uma medalha de ouro e fechando o ano com a qualificação para os Jogos Olímpicos. No ténis, João Sousa venceu o Open de Valência e instalou-se de pedra e cal no top 50 mundial. Abre o ano de 2016 no 33º lugar do ranking ATP. A meia maratona da Corrida dos Conquistadores foi vencida por Dulce Félix e por José Moreira nos masculinos. Dulce Félix fechou o ano a vencer a São Silvestre de Lisboa com 33’00’’. A Corrida dos Conquistadores 2016 já tem data marcada para 26 de Junho.

O ano de 2016 começa com alguma expectativa face ao que farão os vimaranenses presentes no Dakar. Principalmente agora que já sabemos que as condições meteorológicas à partida não eram as melhores. Já esta quarta-feira, Moreirense e Vitória encontram-se no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, para o dérbi vimaranense. Considerando que as equipas se encontram separadas por apenas dois pontos e que ambas têm vindo a recuperar de um mau início de campeonato, o jogo torna-se particularmente interessante. Antes das emoções dos Jogos Olímpicos, no Verão, ainda ficaremos a saber se o Vitória volta a dar aos adeptos a alegria da presença na Liga Europa e até onde vai a recuperação do Moreirense. A começar o ano o clube de Moreira de Cónegos está mais perto do seu objetivo, a manutenção.

Ficaremos a saber se o Vitória volta a dar aos adeptos a alegria da presença na Liga Europa

Logo a abrir o mês de março, entre os dias quatro e seis, Guimarães recebe a Taça Davis. Jogam as seleções de Portugal e da Áustria. Nas três ocasiões anteriores, em que as equipas se defrontaram, os austríacos levaram sempre a melhor, mas nessa altura não havia João Sousa e Portugal não estava a jogar duplamente em casa. Se Portugal vencer coloca-se numa posição histórica, na qual só esteve uma vez, para jogar o acesso ao Grupo Mundial.

Os vimaranenses ainda não vão estar refeitos das emoções do ténis quando, em abril, se souber o resultado de Manuel Mendes no Campeonato do Mundo de atletismo adaptado e se poderá participar nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

As equipas de Guimarães, que jogam a Primeira Liga, foram das poucas que ainda não se pronunciaram sobre eventuais acordos para transmissões televisivas. Embora se fale sobre um eventual acordo entre o Vitória e a MEO, até ao momento nada é ainda oficial, no entanto, este é um fator que irá condicionar o futuro do futebol.

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?