POLÍTICA DO VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES PARTILHADA COM OUTRAS CIDADES EUROPEIAS

Estratégias políticas municipais implementadas para a contribuição do voluntariado na promoção da solidariedade na população jovem e na coesão social apresentadas em Bruxelas.

 

 

 

O Município de Guimarães, através do seu Banco Local de Voluntariado, esteve representado, no passado dia 10 de outubro, em Bruxelas, pela Vereadora da Ação Social, Paula Oliveira, e pela Coordenadora deste Banco, Ana Moreno.

No âmbito das comemorações da “Semana Europeia de Regiões e Cidades”, algumas Capitais Europeias de Voluntariado, candidatos a edições passadas deste título e potenciais candidatos a edições futuras, estiveram presentes num Workshop, intitulado “Construindo Comunidades Coesas através da Solidariedade e do Voluntariado”.

Este workshop, organizado pela Representação Permanente da República Eslovaca em Bruxelas e coorganizado pelas cidades de Aarhus (Dinamarca), Guimarães (Portugal), Konjice (Eslovénia) e Košice (Eslováquia), pelo Centro de Voluntariado de Sligo (Irlanda) e pelo Centro Europeu de Voluntariado, permitiu uma partilha integrada das estratégias políticas municipais implementadas para a contribuição do voluntariado na promoção da solidariedade na população jovem e na coesão social.

A apresentação de Guimarães ressalvou o importante contributo do voluntariado, em 2012, na Capital Europeia da Cultura (527 voluntários), em 2013, na Cidade Europeia do Desporto (231 voluntários) e no processo de candidatura a Capital Verde Europeia (2000 voluntários), destacando a candidatura de Guimarães a Capital Europeia do Voluntariado (em 2014) e a acreditação da Câmara de Guimarães no âmbito do Serviço de Voluntariado Europeu Erasmus+, para coordenação, envio e acolhimento de voluntários.

Em destaque esteve também a implementação em Guimarães de um projeto pioneiro em Portugal, concebido com o apoio do Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado, intitulado “Agente Solidário”, que permite a prática de voluntariado por jovens entre os 16 e os 18 anos e o Plano de Ação Local associado à atribuição a Guimarães do Selo “Cidade Amiga das Crianças”, pela UNICEF.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?