OS AROMÁTICOS PIMENTOS COLORIDOS E SEDUTORES

por Mário Moreira

Verdes, amarelos, roxos, brancos, laranjas e vermelhos, são os grandes companheiros nas refeições dos dias quentes que aí estão.

São presença obrigatória na cozinha e em muitos pratos. Por cá os mais comuns são os verdes e vermelhos, muito embora a presença de outras cores nos sejam cada vez mais familiares.

Os sabores diferem uns dos outros, cada cor seu paladar. Enquanto os verdes têm um sabor mais agressivo e intenso, os vermelhos são mais carnudos e adocicados. Os amarelos têm doçura mas nada que chegue aos vermelhos… Há uma enorme oferta de cores e sabores, mais ao menos picante do mais doce ao mais amargo.

É nesta panóplia de sabores que permite a escolha mais adequada ao gosto de cada um, ao tipo de cozinha a que se destinam. A bem conhecida “Dieta Mediterrânica” não os dispensa. Têm lugar de relevo.

Estes companheiros de verão são amigos da nossa balança pelo baixo teor de calorias. São uma excelente fonte de vitamina C, os vermelhos e laranjas, designadamente.

Não há sardinha ou grelhado que dispense a sua combinação. Há um truque para os tornar fáceis de digestão, retirar-lhes a pele. Na grelha, no forno, no bico do fogão, têm de ficar, completamente pretos. Deste modo a pele sai fácil.

Metem-se num saco plástico, a condensação acaba por lhes retirar a pele na totalidade. As peles, as sementes do seu interior devem ser removidas e bem limpos.

Ficam deliciosos, então os vermelhos como são os mais carnudos, parecem que se está a comer um bife. Os italianos têm um prato chamado “Carpácio de peperone”, com azeite, oregãos, salpicado com parmesão e umas folinhas de rúcula…Um hino à vida!

Usados em excesso, em caldeiradas, refogados, pratos de arroz ou massas, transmitem um paladar desagradável, que muitas vezes se sobrepõe aos ingredientes principais. Alguma vez provou uma compota de pimento vermelho? Maravilha!

“Pimentos recheados com carne picada e hortelã”

Lavar os pimentos, cortar-lhes a parte de cima, eliminar as sementes e partículas brancas. Polvilhar o seu interior de sal, virar ao contrário. Numa frigideira com uma colher de sopa de manteiga, 1 folha de louro, 1 dente de alho picado, refogar 300gr de carne picada até perder a sua cor rosada, em lume brando. Lavar 1 courgete, cortar em cubinhos, adicionar à carne até ficarem macios. Temperar de sal, pimenta, juntar uma chávena de chá de arroz cozido. Misturar bem os ingredientes, juntar as folhas de hortelã picadas. Rechear os pimentos. Adicionar 2 colheres de sopa de molho bechamel, levar ao forno uns 20 minutos. Decorar com folhinhas de hortelã.

Bom apetite.

Um abraço gastronómico.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?