por Mário Moreira

Tomate é sinónimo de unanimidade na cozinha

“Ó pá, polpa comigo…vamos acabar em ketchup”

A palavra que melhor o define é a sua versatilidade. Uma cozinha sem tomate é um local sem encanto e imaginação, sem cor e alegria. Imprescindível na cozinha, com ele não existe má cozinha, nem maus cozinheiros…

Alimento natural possui qualidades e benefícios; é um excelente elemento para saladas, fundos, molhos, grelhados, secos, refogados, doces…

É muito comum o seu uso em molhos para acompanhar massas e outros pratos …

Tal como a batata, haveriam de passar mais de dois séculos para que fizesse a sua triunfal entrada na gastronomia mundial.

Tomando como referência o “Tratado de Tordezilhas, a metade do mundo que pertencia a Espanha e a outra a Portugal, encontra-se pela primeira vez a descrição do tomate como uma “maça de ouro”. No século XV Portugal e Espanha maravilham a Europa e o Mundo, em nome da cristandade… com as suas descobertas nos novos mundos.

Com a revolução francesa e as consequentes transformações sociais que provocou, leva até Paris milhares de franceses em busca de melhores dias. Muitos deles carregam tomates nas suas algibeiras, agora mais vermelhos e brilhantes, pelo sol do mediterrâneo que são tratados nos restaurantes como “maça do amor”é introduzido na confeção de molhos e outras iguarias. A Itália cria molhos ricos de tomate para dar cor e acrescentar valor  às suas massas e a França constrói as suas bases gastronómicas com os seus artifícios culinários onde o tomate tem um lugar de destaque e os povos mediterrânicos descobrem-no na utilização de saladas, assados, estufados e conservas. Há registos antes desta revolução “tomatina”, o tomate tal como a batata era cultivado ás portas dos conventos para matar a fome aos pobres e engordar os porcos.

Conhecem-se como principais propriedades; o seu elevado teor de potássio que permite melhor qualidade de vida na estrutura dos ossos, rico em vitamina C, ótimo para o coração é um excelente antioxidante, excelente para combater o colesterol…é só vantagens. Cabe-nos a capacidade criativa e tirar partido do seu maior aproveitamento.

Consumir tomar é sentir alegria de viver.

Tomate recheado de guacoamole e creme de queijo”

Escaldar em água fervente 6 tomates para se lhes retirar a pele. Cortar a parte superior a cada um. Com a ajuda de uma colher retirar a sua polpa, temperar de sal e pimenta qb. Preparar um abacate e esmagar com um garfo, adicionar raspa e o sumo de uma lima, uma cebolinha picada, uma colher de coentros picados, ½ unidade de creme mascarpone e envolver muito bem. Rechear cada tomate. Verter o molho restante em cima do recheio.

Bom apetite.

Um abraço gastronómico.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?