SABORES E SABERES INTOCÁVEIS – VIVA 2020!

por Mário Moreira

Sabores e saberes intocáveis – Viva 2020!

A chegada do novo ano representa o fim de um ciclo.  Associamos promessas e desejos. Ambicionamos objetivos;  perder peso, parar de fumar, de beber, encontrar a alma gémea, pagar dívidas, melhor emprego, renovação em começar o ano com as “contas certas”.

Há tradições e rituais que não podemos ignorar; os sons da alegria, o fogo de artifício, as buzinadelas, apitos, gritos de celebração, a música, o rebate de outros barulhos, os protestos, os nascimentos…Protestos? Se estivermos atentos, em Portugal, nos últimos anos, as forças do trabalho, passaram ao lado deste processo de protesto e agitação social.

A inação de forças que vendem a alma por um bolinho de bacalhau, perdem força e visibilidade. Não é possível esperar de corpo e da alma bons resultados a comer fritos a todas as refeições! Não é possível esperar resultados diferentes quando se cometem os mesmos erros. Mais cedo do que se espera, encostámos às boxes a retirar peças, insubstítuiveis.

Em democracia,  em liberdade, à sabores intocáveis que não podem ser condicionados a calendários ou a circunstâncias enganadoras num apagão à história da dieta mediterrânica. Não é possível gostar de “roupa velha” quando se retira o ingrediente determinante que lhe dá vida, o bacalhau! Além de ficar com mau aspeto, fica insabido, sem tempero, sabor e sem saber, autêntica caranguejola.

Os sons da alegria e da coerência, são como o azeite em água,  são rituais que alimentam  o sonho, comandam e dão vida, jamais se apagarão.

Numa corrida impiedosa contra o tempo, os cheiros, os sabores e saberes, os fusos horários, as insignificantes rotações da terra, são valores universais que trazem num exercício perfeito, na maior calma do planeta, novas etapas e projetos.

Que cada um, consiga construir os seus planos por uma sociedade mais humana, solidária, saborosa, apetecível.

Vejo uma cozinha gigante, onde cabem todos a matar a fome, sem muros, sem discriminações.

Desejo os melhores votos para 2020.

“Lombos de pescada grelhados”

Cortar os lombos com pele. Temperar de sal, pimenta e sumo de limão.  Numa frigideira com azeite, selar a pele do lombo. Adicionar leite, confecionar em lume brando alguns minutos. Cortar palitos finos de 5cm; feijão verde, cenouras, pimento vermelho, cebola roxa em meias luas e as ervilhas. Dispor os ingredientes num tabuleiro, envolver com azeite, alhos esmagados, tomilho, alecrim, sal, pimenta e levar ao forno. Cozer as espinhas do peixe em água temperada de sal e pimenta, coar, efetuar um molho, adicionando mostarda e gemas de ovos.

Bom apetite.

Um abraço gastronómico.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?