DOCES E SUMARENTAS – AS AMEIXAS

por Mário Moreira

Doces e Sumarentas – As Ameixas

É tão bom saboreá-las na praia e sentir a sua frescura sob o sol escaldante…

Há dois tipos de ameixas; a Europeia, onde se colhem os frutos que nos deliciam e a Japonesa, que embelezam, parques e jardins.

A ameixa comestível é provavelmente originária do Caucáso e cultivada há 20 mil anos.

Existem cerca de 2000 variedades de ameixas que diferem entre si na forma, cor, tamanho, sabor e textura. Entre elas as  “Rainha Claúdia”, as “Santa Rosa” e as “Golden Japan”, são algumas das mais conhecidas entre nós.

São frutos de consumo, por excelência no verão, o ideal é tirar todo o partido agora, estão sumarentas, polpudas, carnudas e são muito refrescantes.

As “Rainha Claúdia”, são redondas e de cor verde amarelada, muito sumarentas e doces.

Frescas, são uma tentação, excelentes para doces, compotas e licores. As fomosas “Ameixas de Elvas”, são confecionadas desta variedade.

As “Santa Rosa”,  de polpa firme, cor alaranjada, pele vermelha escura, agridoce. Esta ameixa, pela sua robustez da sua polpa é adaptada no uso de saladas e sobremesas.

As “Golden” é uma variedade constítuida de ameixas amarelas, polpa sumarenta e doce.

As ameixas são ricas em água, pobres em proteínas, gurdura e hidratos de carbono, são excelentes fornedores de fibras, ricas pelas suas propriedades laxantes.

Quando secas essa função fica ainda mais forte. Por ser de dificil conservação, na sua forma natural, o seu consumo fora de época pode ser feito em compotas, conservas em calda, licores ou pela forma de desidratação, tornando-se um ingrediente indispensável para recheios de carne, bolos e sobremesas.

“Peito de Pato com molho de Ameixas”

Limpar o veio e as aparas de gordura ao peito de pato. Na sua pele, efetuar cortes na diagonal, de modo a fazer losângulos, depois de grelhar fica belíssimo.  Temperar de sal, pimenta moida e uma pitada de gengibre em pó. Numa frigideira, com fio de azeite, em lume brando, com os cortes virados para baixo,  deixar cozinhar durante uns 8 minutos, com hastes de alecim, tomilho e 2 alhos esmagados com casca. Virar e efetuar o mesmo processo durante 5 minutos. Lavar e cortar em gomos as ameixas e numa frigideira com manteiga colocar os gomos, polvilhar com açúcar, adicionar um pouco de água quando começarem a caramelizar. Quando ferver, introduzir os peitos de pato e os sucos que largaram. Deixar reduzir até que engrosse. Cortar o peito em fatias, e adicionar o molho. Pode acompanhar com uma salada de rúcula, tomate, cereja, cebola roxa, sementes de papoila, folhinhas de tomilho e uma vinagreta com mel.

Bom apetite.

Um abraço gastronómico.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?