Eu sei que te vou amar, sempre! Guimarães – “Aqui nasceu Portugal”

por Mário Moreira

Passar férias, visitar ou viver Guimarães, são opções perfumadas de romantismo, de sedução, afinidades e sensações. Desde as entradas aos alongamentos são porta para uma viagem à procura dos prazeres.

Com paisagens de inspiração, um verde encantador e exuberante, uma gastronomia temperada no saber, do melhor que a Cozinha Tradicional Portuguesa, pode oferecer, um património monumental e cultural único,  a ligação às artes e às memórias de um povo combativo, são caracteristicas que marcam o ritmo, as dinâmicas, a alegria e a vontade de viver dos vimaranenes.

Em Guimarães, cada cozinha, cada chaminé, o nível dos espaços, a hospitalidade, o sorriso em cada prato, cada garfada, cada paladar, são referências identitárias de uma inestimável cultura, com diferentes sons, saberes e sabores, mas todos com um refinado e recheado toque a tradição e modernidade. São artes e momórias com selo planetário.

Os Rojões, o Bacalhau recheado e racheado, O Caldo Verde, as Papas de Sarrabulho, o Bucho recheado, o Bacalhau com migas de Broa, o Arroz malandrinho  de Polvo, as Pataniscas, o Pica no Chão, o Pão Saloio, a Broa de Milho, a Vitela assada, o Cabrito no forno, o Toucinho do Céu, as Tortas, o Pudim do Abade, a cozinha de Fusão e de Autor, os Vinhos Verdes,  a qualidade dos produtos frescos… são propostas bem apelativas.

Visitar Guimarães é um prazer como apreciar a boa comida; primeiro sente-se a textura, saboreia-se, mastiga-se devagar e no fim engole-se. Uma verdadeira sensação orgásmica.

É um orgulho fazer parte desta cidade que escolhi há 23 anos para viver

Teixeira de Pascoaes numa visita à casa de Raul Brandão, “Casa do Alto” refere, “As horas inolvidáveis que aí passei, nesse Alto, que é verdadeiramente um dos maiores “altos” da Europa”

Guimarães espera-vos!

“Arroz de Polvo malandrinho com Filetes”

Bom apetite!

Um abraço gastronómico.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?