O MARACUJÁ, REPRESENTA BELEZA, PERFUME E SEDUÇÃO

por Mário Moreira

 

“ Por tudo que o céu revela/Por tudo o que a terra dá/Eu te juro que minha alma/ De tua alma escrava está/Guardo contigo este emblema/Da flor de maracujá”

Encontrámo-lo quase todo o ano, mas é pelo verão que o maracujá sabe melhor. Cortado ao meio, comido à colher, com ou sem açúcar, ou à espera que uma boca gulosa mergulhe na sua polpa agridoce o abocanhe num desejo explosivo de sensações.

Muito utilizado em sumos, gelados, iogurtes, infusões, cocktails, doces, semifrios, molhos, é rico em minerais, como o potássio, ferro, cálcio, e vitaminas A e C.

Para quem deseja atrair vibrações no amor, e principalmente, para atrair os olhos da pessoa amada, nada melhor que um banho de maracujá… Tanta gente distraida!

Tenho diversas plantas de maracujá em casa, uma das minhas trepadeiras favoritas, são usadas para decorar uma parede onde nasce uma ramada de folhas floridas criando um microclima clorido onde os pássaros procuram abrigo numa perfeita melodia de luz, odores, cores e sons …um pedaço de céu, na terra!

As cores com que a natureza brindou as flores do maracujá, os vermelhos e os roxos, são vulgarmente utilizados em diversos rituais. Além desta simbilogia o maracujá possui um inegável valor ornamental, devido á beleza das flores que nos encantam pela sua exuberância e perfume.

Porém, é na cozinha que este fruto se revela apaixonante, é um amor à primeira vista, usado em pratos pricipais deliciosos e sobremesas tentadoras…de lamber os dedos!

Quem não provou um semi-frio de maracujá, uma mousse de maracujá, uma tarte de chocolate recheada com mousse de maracujá? Não imagina o que perdeu!

“Lombinhos de Salmão com maracujá”

Temperar os lombos de salmão; com sal, alho esmagado, pimenta e folhinhas de funcho. Numa frigideira ao lume com 50gr de manteiga, derretida, introduzir as folhinhas de funcho e tomilho. Adicionar o salmão, corar de ambos os lados. Retirar e reservar. Na mesma frigideira com manteiga juntar o bolbo de funcho em lâminas, uma colher de café de raspas de gengibre. Deixar cozinhar durante alguns minutos. Refrescar com vinho branco, tapar e deixar confecionar. Abrir dois maracujás, retirar a polpa, juntar uma colher de café de açúcar e uma colher de sopa de água e mexer. Juntar à frigideira. Deixar ferver sobre lume forte, agitando a frigideira, até que os ingredientes fiquem ligados. Servir os lombos com o molho. Pode acompanhar com batata rústica, uma combinação de legumes ou uma salada. Se não encontrar maracujás frescos, pode substituí-los por polpa de maracujá.

Bom apetite.

Um abraço gastronómico.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?