O Verão é um verdadeiro hino à vida

por Mário Moreira

Comer uma talhada de melancia, seguida de uns petiscos do mar como mexilhões, vieiras, amêijoas, sardinhas, uma cerveja fria, ou um branco geladinho…Saboreados em casa, num picnic, a ver o mar, no recato da montanha, são um conforto para a vida.

Os momentos que passamos à volta de uma mesa prazerosa, em família ou amigos em confraternização com uma variedade de petiscos, além de estarmos com pessoas queridas, resgatamos memórias, existe um sentimento de prazer e partilha, uma genuína excitação de felicidade, um património que não volta atraz, tornam estes momentos maravilhosos em sensações de liberdade, prazer e felicidade que nos dão vida.

Quem adora comer, gosta de o fazer criando e confecionando os seus próprios petiscos, do mais simples e rebuscado ao mais aprimorado, mostrando aptidões, alegria e exibição, no aperfeiçoamento que propõem aos seus.

Esta sensação maravilhosa de liberdade, busca no prazer que os alimentos nos proporcionam, a função em escolher os ingredientes mais saudáveis e nos nutrientes necessários ao funcionamento da nossa “máquina”.

Saibamos manter esta maravilhosa sensação da liberdade.

Lutemos por ela todos os dias como se o hoje fosse o dia último das nossas vidas. A nossa liberdade tem de estar sempre em “maré alta”.

Não abusemos dela!

“Delícia de Papaia”

Lavar, pelar e retirar as sementes de 2 papaias. Reduzir 1 a puré e partir a outra em pequenos cubinhos. Numa taça juntar 2 iogurtes cremosos de baunilha, 2 colheres de sopa de mel, a raspa da casca de 1 limão e envolver muito bem. Distribuir por tacinhas. Levar ao frio e na hora de servir, polvilhar com canela em pó, amêndoa torrada grosseiramente moída e os cubinhos da outra papaia.

Bom apetite!

Um abraço gastronómico.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?