VIVER O NATAL – VIVER A PAZ, TODOS OS DIAS

por Mário Moreira

Viver O Natal—Viver a Paz, todos os dias

Estamos a chegar a uma das épocas mais impolgantes do ano, o Natal.

Deveria ser empolgante quanto solidária todos os dias.

É um período que nos lembra a paz, cada vez mais necessária, num mundo em que as desavenças de uns arrasa a felicidade e os projetos de vida de tantos outros.

É também chegado o momento de usufruir da família, dos amigos, daqueles de quem mais gostamos, com quem nos sentimos bem, de forma descontraida, aberta, prontos a dar e receber, num importante ciclo da vida em que o tempo reparador é sempre curto.

O objetivo supremo é igual em todo o mundo, unir as famílias à volta de uma farta, abundante e bem recheada mesa, fundir sentimentos de harmonia e fraternidade.

Não esqueçamos os milhões de seres humanos, em completo estado de pobreza,  despojados de tudo, esbulhados do nada, ignoram este lado de tamanha abundâcia e de sentimentos.

Não haveriam fatias de tristeza em cada taleiga de bolo-rei, nem sabor amargo em cada doce, fosse o equilíbrio, generosamente, distribuido durante todo o ano, numa data em que se constrói ternura e afetos, desejos e atos solidários.

Por todas as regiões de Portugal as escolhas gastronómicas, pela execelência da sua diversidade, são ótimas delícias que preenchem os desejos de todos.

Na última Revista Mais Guimarães, foi publicada; (uma entrada, dois pratos principais: peixe e carne e uma sobremesa conventual) uma ementa curta mas equilibrada de múltiplos sabores, capaz de satisfazer os mais exigentes.

Porém, sugiro, mais um prato principal, o Polvo, muito comum na mesa dos

portugueses.

Polvo em esmagada de batata e cores mediterrânicas

Cozer o polvo sem água, folha de louro, uma cebola e um fio de azeite. Quando estiver cozida, o polvo estará pronto. Retirar, cortar os tentáculos e reservar. A água pode ser coada e reservada para confecionar um arroz malandrinho.  Cozer a batata com casca, descascar e numa frigideira com azeite, alho picado, esmagar a batata grosseiramente, temperar de sal e pimenta. Cozer, escorrer, espremer e saltear os grelos numa frigideira com azeite, alho picado, sal e pimenta. Grelhar os tentáculos com o tomate cereja. Empratamento; grelos, esmagada de batata, polvo. O tomate cria um belo apontamento decorativo e de beleza.

Com os meus melhores votos de boas festas,

Um abraço gastronómico.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?